28 novembro 2016

Entre nós: Já tive compulsão alimentar


Quem me vê hoje em dia pensa que não, mas durante boa parte da minha adolescência convivi com a compulsão alimentar devido à ansiedade nas preliminares das provas e insegurança sobre o meu peso. Apesar de nunca ter sido considerada acima do peso, aos meus olhos me considerava “gordinha”. Sem falar que sempre tive medo de fracassar nas coisas que eu fazia e isso me deixava mais insegura do que eu já era e piorava ainda mais a situação.

Para quem não sabe compulsão alimentar é considerada uma doença em que a pessoa sente a necessidade de comer mesmo não estando com fome. Pessoas com compulsão alimentar comem grandes quantidades de alimentos em pouco tempo. E no meu caso eu comia uma grande quantidade de doces.


Chocolate sempre foi a minha perdição, teve dia que cheguei a comer três barras de chocolate de 120 gramas sozinha e depois de comer exageradamente ficava profundamente triste e imediatamente me via mais gorda. 

Com esses problemas de imagem corporal, comecei a fazer dietas malucas que me deixava ainda mais pra baixo, pois nunca duravam mais que duas semanas. E a consequência das dietas sem orientação era que toda a comida que tinha evitado durante a dieta eu comia após desistir dela. 

Diferente da maioria minha compulsão alimentar foi amenizando com o tempo conforme fui ganhando confiança em mim. Mas existem tratamentos médicos para cuidar desse problema. Aprendi a controlar meus sentimentos e a comer de forma confortável me satisfazendo e com horários pré-definidos. E melhorei minha autoestima aprendendo a aceitar meus padrões corporais. 

Se você também está passando por isso a melhor opção é procurar ajuda médica, isso vai te ajudar muito e faça uma analise mental sobre o que realmente te incomoda em você ou no ambiente em que vive e trabalhe nisso.

Beijos, beijoss!

4 comentários:

  1. Já tive a compulsão e é uma coisa bem complicada, né? Amei seu texto, sei que vai ajudar muitas meninas. Um super beijo, Blog Minuto de Bobeira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim muito complicada e tem que ser tratada rápido pois pode piorar com o tempo. Espero que ajude Kaila pois na adolescência é a fase com maior probabilidade desse problema surgir.
      Big beijoss!

      Excluir
  2. Nossa, que problema sério :( E isso não só faz mal ao corpo biologicamente (como comer 3 barras de chocolate por dia que pode gerar diabetes, ou quem come muita fritura que gera colesterol) como psicologicamente, né? Muito tenso! Flores no Outono 

    ResponderExcluir